A Luciana Misura do blog Colagem convidou 11 blogueiros para responder um “meme” bem legal. Entre os ilustres convidados, também estou eu! Obrigada pelo convite e é com prazer que respondo as 11 perguntas abaixo feitas por ela:

1) Qual foi a primeira viagem da qual você tem alguma lembrança e que lembrança é essa?

A primeira viagem que eu me lembro muito bem e não somente por causa das fotografias foi para Salinópolis, no litoral paraense. Com certeza existem outras, mas uma praia como a do Ataláia eu nunca ví em lugar algum do mundo. Os carros “acampam” na areia e vão se afastando para trás quando a maré enche. Quem não presta atenção, fica encalhado na areia. Eu me lembro do sol, das comidas, do cheiro de protetor solar na pele, do sal do mar. Me lembro da pracinha com sua fonte de água. Um tempo muito feliz!

Foto: souparaense.com

2) Qual foi a sua primeira viagem internacional e como foi?

Minha primeira viagem internacional foi para o Brasil, mas não me lembro de nada. Eu tinha apenas três anos. A viagem que eu me lembro foi para Suiça, indo visitar a minha avó nos anos 80. Fui com meus pais, irmãos, minha tia e meu primo. Me lembro que tudo me fascinou. Tanto as montanhas, como as comidas, as frutas, a limpeza e a organização. Minha avó sempre foi muito suiça e gostava de tudo bem organizado. Mas ela foi uma avó maravilhosa. Agora olhando os álbuns para postar as fotos aqui, é que me dei conta que ela sempre estava com um de nós no colo, até mesmo nos retratos em que ela foi pega de surpresa. Folheando os álbuns, fiquei com saudades…

Também me lembro bem do silêncio ter me incomodado muito. E não podíamos correr no apartamento da minha avó por causa dos vizinhos. Nada muito fácil para nós “índios” vindos  do Amazonas e acostumados a correr livremente por onde quiséssemos.
3) Qual o destino que você sempre tem voltade de voltar e por quê?

A segunda viagem com meu marido (então ainda namorado) foi para Lanzarote. Foi uma viagem mágica. Lanzarote é um lugar encantador, com paisagens bizzaras e arquitetura interessante.

Gostaria muito de voltar, mas não tenho certeza ainda se vou. Às vezes é melhor deixar algumas experiências somente na lembrança. Eu tenho receio de que a magia da viagem se vá com uma nova visita. Eu já vivi isso e me arrependi de ter voltado. Mas quem sabe…

Foto: commons.wikimedia.org



 
4) Quantos anos tem o seu blog e de quando você começou o blog pra cá, o que mudou?
Eu tenho dois blogs. O Eu sei onde começei há dois anos e não mudou muita coisa desde então. Eu o fiz com mais planejamento, pensando bem no nome, comprei o domínio, fiz o design com antecedência e tempo. O que mudou foi a forma de escrever. A gente aprende escrever, escrevendo. Os textos hoje são bem melhores que os de há dois anos atrás. O blog Brasileiros mundo afora chamava-se Bömmels Welt, onde eu escrevia sobre tudo o que eu tinha em mente. Um diário bagunçado. Hoje ele evoluiu e escrevo sobre brasileiros que moram nos quatro cantos do mundo e sobre as minhas experiências como expatriada.

 

 

5) Do que você gosta de falar no blog que nem sempre é um assunto popular com os leitores?

Gosto de falar de livros, filmes e sobre as cidades onde se passam as histórias. Nem sempre é popular entre os leitores, que estão em busca de dicas práticas para suas viagens.

 

 
6) Que assunto você sempre recebe perguntas pelo blog e que menos gosta de responder?

Até agora não recebi perguntas chatas. Gosto de responder todas.


7) Pra que lugar você não viajaria e por quê?

Para o Egito. Por medo. Eu conheci uma pessoa que foi assassinada lá há alguns anos atrás. Mas nunca diga nunca. Quem sabe um dia. Meu marido é louco para ver as pirâmides.

8) Perrengues todo mundo passa em viagem, qual foi sua maior furada até o momento?

Poxa vida, eu tive muita sorte nas minhas viagem. Mas agora pensando bem, descobri um! Foi na Ilha do Marajó, no Pará. Nós pegamos um quarto cheio de pulgas e só descobrimos depois de um dia nos coçando. Um horror! A ilha em sí é maravilhosa :o)

9) Como você planeja as suas viagens? Quanta antecedência, planeja nos mínimos detalhes ou deixa em aberto, que sites usa?
Eu gosto das coisas bem organizadas e planejadas. Meu marido é o contrário. Nossas viagens então são um meio termo. Nós usamos muito a booking.com e eu gosto de ler os blogs (claro) para me informar sobre possíveis programas: www.rbbv.com.br

10) Pra que lugar você quer viajar mas vai ter que ser sozinho porque ninguém quer nunca ir contigo?

Eu tenho quase certeza de que meu marido iria para qualquer lugar comigo. Mas tem um destino que eu sonho em conhecer e que não o interessa deforma alguma, o que é uma icógnita pra mim: Sardenha.


Foto: royalcaribbean.com
11) Se tem filhos, viajar melhorou ou piorou com a companhia deles?
Essa é uma pergunta complexa. O modo de viajar mudou completamente. Os destinos são sempre destinos legais para as crianças também. Não abrimos mão de turismo cultural, mas já não é mais a mesma coisa. Nem tudo é possível. As viagens são muito divertidas com as crianças e nós nos sentimos felizes demais, quando eles se divertem. Quando riem alto e brincam muito. Mas sinceramente, também sinto muito falta das nossas viagens a dois. De programas exóticos, diferentes e talvez até um pouquinho perigosos como fazer trekking em montanhas onde é impossível ir com crianças pequenas. Mas esse tempo virá novamente!


E escrever 11 coisas aleatórias sobre mim:

1. Adoro escrever cartão postal pra mim mesma dos lugares que visito!
2. Tenho uma queda enorme pela cor verde.
3. Adoro ler e estou começando a pegar o gostinho pela leitura online. Minha próxima compra será um tablet.
4. Tenho muuuita preguiça para fazer esporte! Seja ele qual for. Eu sei, eu sei… mas essa é a verdade :o)
5. Um dos meus hobbies é fazer bolos, muffins etc com as crianças.
6. AMO chocolate branco
7. Não sei desenhar mais que uma palmeira, uma ilha e um barquinho boiando.
8. Adoro fotografar portas e bolinhas de sabão
9. Sou alérgica a capim
10. Sou alérgica a fofoca
11. Sou muito feliz aqui em Berlim.

Obrigada novamente pelo convite Luciana!

Bjs

Claudia