Em Roma não existe o costume de se locomover de bicicleta como em outras cidades européias. Primeiro por questões culturais, segundo por questões objetivas.

A bicicleta ainda é considerada por muitos apenas um brinquedo ou, pior, se usada como meio de transporte é sinal de pobreza.

Além disso, existem outros fatores que não ajudam: Roma foi construída sobre sete colinas, então, a possibilidade de ter que encarar subidas e descidas muito íngremes é grande; o trânsito é muito caótico e, principalmente no centro, as ruas são muito estreitas; os outros meios de transporte não respeitam muito os ciclistas.

Mas, isso não significa que você não possa andar de bicicleta em Roma. Existem vários parques públicos com percursos próprios para bicicletas, onde se pode pedalar respirando ar puro e em segurança:
  • Villa Pamphlili;
  • Villa Borghese;
  • Villa Ada;
  • Via Appia Antica;
  • entre outros.
Além dos parques, existe também a ciclovia no Lungotevere – beira do rio Tevere. Acima citei os lugares mais turísticos, mas veja aqui todas as ciclovias de Roma, que são muitas para uma cidade onde locomover-se de bicicleta não é costume: Piste Ciclabili
Quem é Dani Furlan
Paulista, ex-funcionária da Caixa (CEF), graduada em Administração de Empresas e pós-graduada em RH, casou-se com o Dan e mudou-se para Roma. É community-manager do Dicas do Mundo e editora do Dicas de Roma. Disponível e prestativa, ela é a alma do Dicas do Mundo e coordena o trabalho da equipe de editores. Mais infos aqui: Dicas do Mundo aqui na Brasileiros mundo afora.